Produtos para Ligeiros / Van / 4x4

Estradas sinuosas

Condução em estradas sinuosas

Condução segura em estradas sinuosas

Nesta secção, apresentamos dicas para que se mantenha seguro em estradas sinuosas. Mesmo que já tenha conhecimento destes princípios básicos, existem muitos condutores que ainda não os conhecem. Uma pequena atualização pode ser útil!

Quer para novos condutores, quer para condutores experientes, a regra é a mesma para todos os utilizadores na estrada. Deve evitar conduzir a velocidades excessivas em estradas sinuosas. Este princípio aplica-se tanto para a estrada sinuosa à volta de uma montanha como a uma rotunda tranquila numa localidade suburbana.

Encontrará frequentemente sinais de trânsito que o alertam para uma curva iminente com um limite de velocidade recomendado. Mas porque é que uma estrada sinuosa pode ser tão perigosa durante a condução? Porque quando um veículo faz uma curva ocorrem dois tipos de movimentos.

Em primeiro lugar, dá-se o ímpeto do movimento do carro para a frente. Em seguida, ocorre a inércia na carroçaria do carro conforme vai contornando a curva. As forças centrífugas tentarão puxar o carro para o exterior e os pneus terão de trabalhar mais para resistir a estas forças, conforme circulam pela estrada sinuosa. Se um condutor fizer uma curva a uma velocidade demasiado elevada, os pneus perderão gradualmente a sua aderência e começarão a derrapar.

Dicas para condução numa curva

Para além da condução a ritmo lento, há uma técnica útil para as estradas sinuosas; tente virar o volante o mínimo possível sem atravessar a linha central.

Tenha em atenção que o intuito desta recomendação não é que siga totalmente a direito no interior de uma curva numa estrada pública; isso colocá-lo-ia em contramão e colocaria os outros condutores em perigo.

Ao invés, o intuito do conselho é que os condutores façam uma utilização sensata da largura da sua faixa, para que possam fazer a curva mais facilmente e melhorem a sua visão. Virar o volante o mínimo possível é a solução.

Existem três passos para fazer uma curva em segurança:

  • Quando se aproximar de uma curva, abrande adequadamente e posicione o seu carro do lado oposto da faixa em relação à direção da curva. Se a direção da curva for para a direita, por exemplo, mova-se para o lado esquerdo da sua faixa.
  • Conforme faz a curva, posicione calmamente o seu veículo na direção do outro lado da sua faixa.
  • Quando se aproximar do final da curva, volte gradualmente à posição normal na sua faixa e em seguida acelere em linha reta para sair.

Esta técnica de condução segue a linha do arco mais amplo possível; reduz a intensidade da curva, exercendo assim menos pressão nos pneus e reduzindo o risco de derrapagem descontrolada. Além disso, os condutores ficam com uma visão mais livre da estrada em frente e com mais tempo para reagir a possíveis perigos.

E, nesse aspeto, deve estar atento a outros condutores e ao trânsito enquanto faz a curva. Se os outros veículos estiverem demasiado perto do centro da estrada enquanto faz a curva, isso poderá pô-lo em risco de colisão frontal.

Dicas para recuperar o controlo numa derrapagem

Se o veículo começar a derrapar numa estrada sinuosa, os condutores não devem entrar em pânico quando se apercebem de que os travões, o acelerador e o volante não estão a funcionar como habitualmente.

Em vez disso, devem retirar o pé do travão e do acelerador. As mãos devem permanecer firmes no volante, mas sem efetuar quaisquer movimentos bruscos.

O essencial é evitar sobreviragem e acionar os travões com muita força. Depois de veículo ter tido tempo para abrandar, recupere o controlo com segurança: trave suavemente e recomece a conduzir.

Encontre o seu pneu

O caminho mais rápido para o pneu perfeito.

Condução na neve

O que fazer quando há neve e gelo na estrada.

Ler mais

Viagem de férias

Viagem de férias

Lista de verificações para uma viagem na estrada sem preocupações.

Ler mais

Condução com chuva intensa

Quando o tempo de chuva chega, as condições de condução alteram-se.

Ler mais