Produtos para Ligeiros / Van / 4x4

Corrida pelos números

Corrida pelos números

UMA CORRIDA PELOS NÚMEROS

Sabia que o maratonista mais lento de sempre demorou 54 anos desde o ponto de partida até à meta? Que o pé humano pode produzir meio litro de suor por dia? Que um ultramaratonista “louco” correu 27.000 km num único ano? Não? Então leia!

O calçado de corrida é um produto popular e altamente comercializável. A Adidas tem uma parceria com a Continental. Desenvolvemos solas de corrida que proporcionam uma aderência superior.

  • Fauja Singh, da Índia, tinha 100 anos quando participou na Maratona de Toronto em 2011, estabelecendo um novo recorde. Singh ficou para a história como o primeiro centenário a participar numa maratona – o que, obviamente, fez dele o maratonista mais velho de sempre. Tinha feito a sua estreia nas maratonas apenas 11 anos antes, quando participou na Maratona de Londres aos 89 anos. Singh, conhecido como o “Tornado com Turbante”, terminou a sua carreira como corredor em 2013. 
  • O ultracorredor francês Serge Girard percorreu uma distância de 27.011 km num período de 365 dias, conquistando assim o recorde mundial em corrida de resistência. Entre 2009 e 2010, correu uma média de 74 km por dia, tendo visitado 25 países durante este período. 
  • 1.000.000.000 – sim, mil milhões – de pares de calçado de corrida são vendidos por fabricantes de produtos desportivos por ano. Isto significa que em média, uma em cada oito pessoas no planeta compra um novo par de sapatilhas por ano.
  • Estudos indicam que basta ouvir música enquanto se corre para poder aumentar em 15 por cento o nosso desempenho. Considera-se que músicas com 160 batidas por minuto (bpm) são especialmente adequadas para aumentar o desempenho – por exemplo, a música “Happy”, de Pharrell Williams.

Considera-se que músicas com 160 batidas por minuto (bpm) são especialmente adequadas para aumentar o desempenho – por exemplo, a música “Happy” de Pharrell Williams.

O lendário Trilho dos Apalaches, na América. Foto: Paul Balegend

  • O ultracorredor Britânico Jeremy "Jez" Bragg usou 12 pares de sapatilhas durante a corrida dos 3.054 km do Trilho Te Araroa na Nova Zelândia em 2013. Demorou apenas 53 dias para completar a corrida, tendo chegado com uma antecedência de 12 dias relativamente ao recorde anterior. 
  • Quando Joe McConaughy percorreu o Trilho dos Apalaches nos Estados Unidos em 2017, avistou nada menos do que 16 ursos. O norte-americano de 26 anos, que cumpriu o trilho sem nenhuma equipa de apoio, completou o percurso de 3.524 km num tempo recorde de 45 dias, 12 horas e 15 minutos. Correu a etapa final em 37 horas sem dormir. Percorrendo uma média de 77 km por dias, atravessou 14 estados e, como relatou mais tarde, avistou 16 ursos e quatro cascavéis. Normalmente os caminhantes precisam de cerca de seis meses para cumprir o trilho completo e o detentor do recorde anterior demorou mais nove dias do que McConaughy.

Joe McConaughy completou os 3.524 km do Trilho dos Apalaches no tempo recorde de 45 dias, 12 horas e 15 minutos.

Usain Bolt, o homem mais rápido do mundo. Foto: Puma

  • Em 2004, o maratonista Geoff Wightman – cujo recorde pessoal numa maratona normal era de 2:13:17 horas – demorou 44 minutos e 22 segundos a estabelecer um recorde de “corrida” muito especial que lhe garantiu um lugar no Livro de Recordes Mundiais Guinness. Gatinhando, usou o nariz para empurrar uma laranja ao longo de uma distância de 1.600 metros. 
  • Sempre que o corpo humano dá um único passo, utiliza 200 músculos. O nosso pé é uma obra de arte complexa, contendo 26 ossos, 33 articulações, 112 ligamentos e uma rede de tendões, nervos e artérias – e todos têm de estar sempre coordenados. 
  • Um único pé pode produzir 500 mililitros de suor por dia.
  • 44,72 km/h é a mais alta velocidade registada alguma vez conseguida por um corredor, um recorde detido pelo velocista jamaicano Usain Bolt. Bolt estabeleceu o recorde em 2009 na final dos 100 metros dos Campeonatos Mundiais de Atletismo em Berlim, no qual ganhou três medalhas de ouro e estabeleceu dois recordes mundiais.
 
  • Um homem queima uma média de 102 calorias por quilómetro enquanto corre; uma mulher, apenas 89.  Para os que não conseguem largar o sofá para irem correr durante os dias frios de inverno, existem muitas formas de se manter em forma em casa. Um homem consegue queimar 300 calorias se fizer tarefas domésticas durante uma hora, por exemplo, enquanto uma mulher queimará 240. 
  • Quando o astronauta Mikhail Tyurin deu a primeira tacada a partir da Estação Espacial Internacional (ISS) em 2006, a sua bola de golfe deu a volta à Terra 48 vezes. Trata-se não apenas do recorde mundial, como também do recorde galático! O astronauta Tim Peake também usou a ISS para uma tentativa de bater o recorde mundial. Durante a Maratona de Londres de 2016, ele percorreu a sua própria maratona numa passadeira – tornando-se assim o maratonista mais rápido no espaço. O seu tempo? 3:35:51.

Mikhail Tyurin made the longest tee-shot in the universe. Photo: NASA

Kanaguri Shiso in 1924. Photo: Anon


 

A Continental também bateu um Recorde do Guiness!

Tratou-se do sprint de 50 metros mais íngreme do mundo.

Conheça a história e veja o vídeo aqui.