Produtos para Ligeiros / Van / 4x4

Parceria tecnológica duradoura como a que une a Continental e a Adidas

Atletas em Ascensão

Como Rydzek quebrou o Recorde Mundial do Guinness

O SPRINT DE 50 METROS MAIS ÍNGREME DO MUNDO COM SOLAS DA CONTINENTAL – MÁXIMA ADERÊNCIA

“Boa! Agora estou na lista de Recordes do Mundo do Guinness!”, celebra Johannes Rydzek depois de ter vencido o sprint de 50 metros mais íngreme do mundo. Para estabelecer este recorde, usou sapatilhas Adidas com solas de borracha da Continental.

Quando existe uma parceria tecnológica duradoura como a que une a Continental e a Adidas, a melhor forma de a celebrar é estabelecendo um novo recorde mundial.

Foi precisamente o que aconteceu na ContiGripRun, que demonstrou o desempenho brilhante do calçado de corrida com solas da Continental no sprint de 50 metros mais íngreme do mundo.

Um palco espetacular, diante de um cenário de montanha deslumbrante: a pista de saltos de esqui de Heini-Klopfer em Oberstdorf. Foi neste local que dois atletas de topo tentaram bater o recorde do mundo.

Com seis títulos e campeão mundial no combinado nórdico, Johannes Rydzek já detém um recorde do mundo. No entanto, Rydzek voltou a fazer história ao estabelecer um recorde no sprint de 50 metros mais íngreme do mundo, oficialmente reconhecido pelos Recordes do Mundo do Guinness.

Iniciar
ContiGripRun2017
 


27,69 segundos, 72 metros, 37 graus: estes são os números do feito alcançado. Em apenas 27,69 segundos, este atleta jovem e determinado de Oberstdorf fez o sprint de subida da famosa colina com 72 metros de altura, com uma inclinação contínua de pelo menos 37 graus. Foi uma conquista magnífica, só possível com o know-how da Continental para máxima aderência.
“Principalmente nos últimos dez metros, mesmo antes do topo da colina, foi extremamente difícil. Aqui, as sapatilhas deram-me um enorme apoio – sobretudo na superfície lisa, a sola dá-me uma vantagem decisiva”, afirmou depois Rydzek.
Os Recordes do Mundo do Guinness tinham especificado um tempo de menos de 35 segundos para a classificação oficial do primeiro recorde do mundo do sprint de 50 metros mais rápido em subida com uma inclinação superior a 37 graus. A pista de saltos de esqui em Oberstdorf foi preparada especialmente para a ocasião, com uma superfície de corrida e amplas precauções de segurança para os corredores.

Alexander Schauer
Johannes Rydzek


“Aqui, as sapatilhas deram-me um enorme apoio – sobretudo na superfície lisa, a sola dá-me uma vantagem decisiva”

Johannes Rydzek

UMA PARCERIA VENCEDORA ENTRE DUAS MARCAS DE ALTA QUALIDADE

Desde 2011, os compostos de borracha da Continental desenvolvidos pelos especialistas em pneus de Hanôver garantem um sucesso extraordinário com calçado da Adidas – as solas da Continental ajudaram a estabelecer três recordes do mundo da maratona entre 2012 e 2014.

Durante a tentativa para bater o recorde na ContiGripRun, os dois atletas participaram num tipo de desafio muito diferente – curto mas duro – para provar o desempenho da tecnologia da Continental e da Adidas no calçado de corrida.

Competindo contra Rydzek estava Alexander Schauer, um corredor de parkour de Viena. Schauer teve um desempenho excecional, apenas quatro segundos mais lento do que Rydzek.

Também esteve presente no evento uma avaliadora oficial dos Recordes do Mundo do Guinness, Paulina Sapinska, de Londres, que confirmou o novo recorde do mundo após quatro corridas. O feito de Rydzek ficou assim imortalizado na base de dados dos Recordes do Mundo do Guinness – e ainda não foi superado.

Johannes Rydzek

“Estamos muito satisfeitos porque, após as excelentes avaliações dos nossos atuais pneus de inverno, as sapatilhas da Adidas com a nossa sola exterior também têm um ótimo desempenho, alcançando o recorde do mundo em Oberstdorf.”

Dr. Konstantin Efimov, Desenvolvimento de Materiais e Processos nos Pneus Continental